Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.upf.br/handle/riupf/2034
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorTumelero, Flávia-
dc.date.accessioned2021-08-05T18:32:30Z-
dc.date.available2021-08-05-
dc.date.available2021-08-05T18:32:30Z-
dc.date.issued2019-05-29-
dc.identifier.citationTUMELERO, Flávia. Desgaste de materiais restauradores para CAD/CAM. 2019. 29 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Cirurgião-dentista). Curso de Odontologia. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.upf.br/handle/riupf/2034-
dc.description.provenanceSubmitted by Aline Rezende (alinerezende@upf.br) on 2021-08-05T18:32:30Z No. of bitstreams: 1 PF2019FlaviaTumelero.pdf: 2067556 bytes, checksum: aa6482881ea13658019096718b4d116d (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2021-08-05T18:32:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PF2019FlaviaTumelero.pdf: 2067556 bytes, checksum: aa6482881ea13658019096718b4d116d (MD5) Previous issue date: 2019-05-29en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade de Passo Fundopt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectOdontologiapt_BR
dc.subjectCerâmicaspt_BR
dc.subjectResinas compostaspt_BR
dc.subjectDesgaste de restauração dentáriapt_BR
dc.subjectDesgaste dos dentespt_BR
dc.titleDesgaste de materiais restauradores para CAD/CAMpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Borba, Márcia-
dc.description.resumoO desgaste dos materiais restauradores durante a função pode levar ao aumento da rugosidade superficial, acumulando biofilme e alterando a anatomia oclusal e dos pontos de contato. Esses fatores podem levar à redução da longevidade da restauração e representam uma preocupação para o desempenho clínico dos novos materiais restauradores para CAD/CAM. Este estudo teve por objetivo avaliar a resistência ao desgaste de dois materiais restauradores para CAD/CAM: uma resina nano cerâmica (Lava Ultimate, LU) e uma vitrocerâmica reforçada por leucita (IPS Empress Esthetic, VL). Blocos de CAD/CAM dos materiais foram cortados em fatias com uma cortadeira metalográfica, polidos e cimentados com cimento resinoso em um substrato análogo à dentina. Os corpos-de-prova (CP) de cada material foram divididos em três grupos, de acordo com o número de ciclos utilizado no ensaio de desgaste (n=4): 100.000, 250.000 e 500.000. Os CPs foram posicionados com inclinação de 30º e uma carga de 49 N foi aplicada na superfície do mesmo com frequência de 2 Hz. O teste foi realizado em água destilada à 37º C. Após o teste foram obtidas imagens da superfície dos CPs para mensurar a área de desgaste (mm2). Os CPs também foram escaneados com um escâner à laser e a profundidade máxima de desgaste (mm) foi mensurada com um software específico. O comprimento da faceta de desgaste mostrou-se semelhante para VL e LU, porém, a largura da faceta de desgaste foi maior em VL. Isso ocasionou a maior área de desgaste em VL, enquanto que LU perdeu mais material em profundidade.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Odontologia - FOpt_BR
dc.publisher.initialsUPFpt_BR
Appears in Collections:FO - Curso de Odontologia - Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PF2019FlaviaTumelero.pdfMonografia Flávia Tumelero2,02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.