Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.upf.br/handle/riupf/1317
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorDenardi, Alexandre-
dc.date.accessioned2018-03-25T19:55:47Z-
dc.date.available2018-03-27-
dc.date.available2018-03-25T19:55:47Z-
dc.date.issued2017-12-13-
dc.identifier.citationDENARDI, Alexandre. Descentralização Política em Nível Municipal no Estado do Rio Grande do Sul: uma avaliação dos municípios emancipados após a constituição de 1988. 2017. 109 f. Monografia (Bacharel em Ciências Econômicas). Curso de Ciências Econômicas. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.upf.br/handle/riupf/1317-
dc.description.provenanceSubmitted by Fernanda Ferronato (fernandaf@upf.br) on 2018-03-25T19:55:47Z No. of bitstreams: 1 PF2017Alexandre Denardi.pdf: 1893887 bytes, checksum: 5baa9e605b3fa1eb9c902cf602573016 (MD5)en
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-03-25T19:55:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PF2017Alexandre Denardi.pdf: 1893887 bytes, checksum: 5baa9e605b3fa1eb9c902cf602573016 (MD5) Previous issue date: 2017-12-13en
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade de Passo Fundopt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectEconomiapt_BR
dc.subjectEmancipaçãopt_BR
dc.subjectRio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectConstituição Federal de 1988pt_BR
dc.subjectGestão públicapt_BR
dc.titleDescentralização Política em Nível Municipal no Estado do Rio Grande do Sul: uma avaliação dos municípios emancipados após a constituição de 1988pt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Cursopt_BR
dc.contributor.advisor1Moretto, Cleide Fátima-
dc.description.resumoO tema “Descentralização Política” tem estado presente em diversas discussões no meio político e na sociedade em geral, em todo o Brasil. Nas últimas duas décadas ocorreram muitas emancipações em todas as regiões do país, que resultou na criação de mais de 1.000 municípios. O estudo objetiva analisar os resultados dos processos de descentralização política dos municípios após a Constituição Federal de 1988 no estado do Rio Grande do Sul, a fim de constatar, empiricamente, o desempenho socioeconômico dos mesmos, considerando-se a distribuição de recursos governamentais. Em nível descritivo e com abordagem quantitativa, analisa dados secundários, compreendidos entre a década de 1980 e os anos 2010, para grupos de municípios selecionados em cada uma das nove regiões de referência do estado, que envolve nove municípios de origem e 27 municípios originados. Adota como categorias de análise os aspectos demográficos, socioeconômicos, de infraestrutura e finanças públicas. Conclui que as diferenças no âmbito inter-regional estão presentes nos casos estudados, que as emancipações, de modo geral, envolveram resultados positivos em termos demográficos e socioeconômicos, sobretudo em termos do acesso à saúde, à educação e ao saneamento básico. Todavia, corrobora com os estudos que identificam a dependência de transferências públicas e o custo de gestão na manutenção dos municípios criados.pt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.departmentFaculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis - FEACpt_BR
dc.publisher.initialsUPFpt_BR
Appears in Collections:FEAC - Curso de Economia - Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PF2017Alexandre Denardi.pdfMonografia de Alexandre Denardi1,85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.