Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.upf.br/handle/riupf/1250
metadata.dc.type: Trabalho de Conclusão de Curso
Title: Análise sobre a execução provisória da pena: a impossibilidade de flexibilização do princípio da presunção de inocência
metadata.dc.creator: Rosa, Gabriela Stamm da
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Gabriela Werner
metadata.dc.description.resumo: O objetivo do presente trabalho de conclusão de curso é analisar a possibilidade de execução antecipada da pena, após o julgamento dos recursos pelos Tribunais de Segundo Grau, a fim de verificar a (im)possibilidade de flexibilização do princípio da presunção de inocência. O estudo se justifica em função do novo posicionamento do Supremo Tribunal Federal, quando do julgamento do Habeas Corpus n. 126.292, pelo qual ocorreu uma mudança de entendimento acerca da temática. Assim, em um primeiro momento, faz-se mister tratar sobre os direitos do acusado e, de outra banda, o dever de punir estatal, observando-se os princípios processuais penais. Posteriormente, aborda-se sobre a aplicabilidade do artigo 283 do Código de Processo Penal, examinando, brevemente, as prisões cautelares e o revogado artigo 393 do Código de Processo Penal. Por fim, analisa-se a eficácia imediata das sentenças penais condenatórias pendentes de recurso especial e extraordinário, vislumbrando-se, a seguir, a fundamentação jurídica que norteou o posicionamento da Suprema Corte no julgamento do Habeas Corpus nº 84.078 e a posterior mudança de entendimento com o recente julgamento do Habeas Corpus nº 126.292. Conclui-se que o julgado em comento viola o princípio da presunção de inocência, porquanto previsto expressamente no texto da Constituição Federal como garantia fundamental, portanto, não admitindo qualquer hipótese de flexibilização.
Keywords: Direito
Execução provisória da pena
Habeas corpus 126.292
Princípio da presunção de inocência
Sentença penal condenatória
Supremo tribunal federal.
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade de Passo Fundo
metadata.dc.publisher.initials: UPF
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Direito - FD
Citation: ROSA, Gabriela Stamm da. Análise sobre a execução provisória da pena: a impossibilidade de flexibilização do princípio da presunção de inocência. 2017. 58 f. Monografia (Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais). Curso de Direito. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, RS, 2017.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.upf.br/handle/riupf/1250
Issue Date: 12-Jun-2017
Appears in Collections:CDIR - Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PF2017Gabriela Stamm da Rosa.pdfMonografia Gabriela Stamm da Rosa295,15 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.